sexta-feira, agosto 29, 2008

helena

helena é o nome dela. não é a de tróia, nem foi escrita por machado de assis. ela não cabe num livro, num poema, num escrito. helena está tatuada no braço de um homem, (na verdade de dois) e no coração de muitos outros. dona de extrema beleza, dona nena muitos a chamam. mas seu nome é helena. helena porque suas mãos são suaves, a pele é alva, e porque mediante seus olhos qualquer mentira se desfaz.. do coração bondoso, helena tem dentro de si a força. certas vezes teve que começar, e em outros tempos teve que deixar tudo pra trás. soube se dar ao amor, e aproveitar a beleza dele. teve que engolir sua parte amarga, e dele se alimentar novamente. deixou frutos para a posteridade, perdeu um deles. e quando pareceu que tudo tinha se acabado, helena como sabe ser, voltou a viver. os anos são seus amigos, e cada ano que passa que fica mais bonita. estudava a luz da lamparina, e hoje faz aulas de informática. “não há bem que sempre dure, nem mal que nunca acabe” ela diz. e diz muitas outras coisas. as vezes diz demais, diz que maria foi pra são paulo por causa do fábio júnior, que eu choro por dor de cotovelo, que vai pro asilo daqui uns anos, e que se chorássemos perto de seu caixão, era capaz se levantar dele. dona de sorriso doce e temperamento forte, em cada marca do seu rosto se vê a força de quem soube se dar. espero que viva pra sempre, e pra sua falta nunca se notar, helena eu a chamo, helena sabe ser. desejo que mesmo longe, esteja sempre em meu viver.

3 comentários:

Fran disse...

QUE LINDO AMIGA.

Estou arrepiada. Lindo. Sem palavras.

Fernanda Bello disse...

Ela é muito especial, realmente.
Parabéns por tê-la em seu coração.
Bjo.

Gabriel disse...

Sem palarvars!
Apenas uma ressalva!
Todas as mentiras realmente
se desmanchão aos olhos dela!
As pessoas mais improvaveis e
difíceis de lidar !
Consegui enrolar e dobrar ao meio!
Mas a ela nunca obtive sussesso!
Muito lindo mesmo!