sábado, agosto 08, 2009

partir e voltar

porque estava perto de voltar falava mais cantado.
se sentia ainda mais de lá, mais da sua gente, do seu povo
e era tanta alegria, um sol que invadia sua vida, uma vontade de gritar
mas tinha uma pontinha de tristeza, do deixar, do ir embora.
cada canto da cidade cinza era um cartão postal dos seus sentimentos e histórias.
cada rosto ganho para sua coleção de caros era uma pontada de saudade anunciada.
quase prometia a si mesma que um dia abandonava essa coisa toda de partir
um dia, porque agora voltava para tornar a partir.

2 comentários:

K entre nós disse...

Encontros e despedidas

Mande notícias do mundo de lá
Diz quem fica
Me dê um abraço
Venha me apertar
Tô chegando
Coisa que gosto é poder partir
Sem ter planos
Melhor ainda é poder voltar
Quando quero

Todos os dias é um vai-e-vem
A vida se repete na estação
Tem gente que chega pra ficar
Tem gente que vai pra nunca mais
Tem gente que vem e quer voltar
Tem gente que vai e quer ficar
Tem gente que veio só olhar
Tem gente a sorrir e a chorar

E assim, chegar e partir
São só dois lados
Da mesma viagem
O trem que chega
É o mesmo trem da partida
A hora do encontro
É também despedida
A plataforma dessa estação
É a vida desse meu lugar
É a vida desse meu lugar
É a vida

Fran disse...

ai, esse vai e vem... ainda nos mata! rs

boa sorte amiga!

amo-te

peace.